Brasilidade - notícias com um toque brasileiro

01.06.20

Desmatamento no Brasil : estado de Minas Gerais é campeão em desmatamento

Foram desflorestados entre 2018-2019 um total de 14.502 hectares – um crescimento de 27,2% comparado com o período anterior (2017-2018), que foi de 11.399 hectares. As informações são do Atlas da Mata Atlântica, iniciativa da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) 

Mais uma vez o estado campeão de desmatamento foi Minas Gerais, que teve uma perda de quase 5.000 hectares de floresta nativa. A Bahia ficou em segundo lugar, com 3.532 hectares, seguido pelo Paraná, com 2.767 hectares. Os três líderes do ranking tiveram aumento de desflorestamento de 47%, 78% e 35% respectivamente, ao comparar com o período anterior. Já o quarto e quinto lugares da lista, Piauí e Santa Catarina, tiveram redução do desflorestamento em relação ao período 2017-1018 de 26% e 22%. Piauí somou 1.558 hectares desmatados e Santa Catarina 710 hectares.

Brasilidade-03

Posté par Fatos e Fotos à 16:42 - Permalien [#]
Tags : , , , , , ,


Arte: Artistas e fotógrafos do Projetearte expõem suas obras em locais públicos sem sair de casa

A Galeria ZERØ - Tainara e Pedro Paulo Afonso, em parceria com INC Photography - Julie Schlossman e Monica Paes, dão início à #projetearte com o intuito de levar manifestações artísticas ao encontro do público agora impossibilitado de ir a galerias, museus e outros locais de exposições e manifestações culturais. 

“O intuito é que o conteúdo seja visto sem as pessoas saírem de casa, através de portas, janelas, o link do site, redes sociais e afins, evitando aglomerações neste período de pandemia” explicam os coordenadores. 

Como funciona ? No #projetearte, artistas convidados, que atuem nos segmentos de fotografia, vídeo performance e videoarte, tem exposições montadas por equipe da área para apresentação digital em locais públicos e privados, simultaneamente. Essa seleção de trabalhos será projetada em edificações da cidade com facilidade de acesso visual, em locais a serem informados, ao mesmo tempo em que um link da mostra é disponibilizado no site do projeto para que o público possa assistir, projetar externamente ou dentro de seu próprio ambiente, as obras do artista desta edição. 

“O refúgio de hoje são as janelas, a porta para o mundo, onde se pode sentir o vento, por onde a luz entra, os cheiros, e podemos ver as pessoas, as poucas que ainda transitam solitárias pela rua”, comenta Monica Paes. A projeção tem tempo médio estimado de 15 minutos e sua frequência é semanal. A agenda estará disponível tanto no site como nas redes sociais do projeto #projetearte.

A primeira projeção é composta por 30 imagens da série “I Am Light”, do fotógrafo Gabriel Wickbold: “A ideia de usar tecnologia para inspirar e criar está presente em meu processo artístico. Nessa série mostro que o ser humano é luz e é do seu interior que parte um universo infinito de possibilidades. Nesse projeto utilizo técnicas para representar a iluminação espiritual, com os modelos cobertos de glitter desenhando no ar. Foi quase como uma leitura de aura que, vista através da câmera, emana energia vital e revela o que cada ser tem dentro de si, um brilho próprio que precisa para alcançar seu propósito de vida. Nós estamos sempre em evolução.”

Para saber + : www.galeriazero.com.br/projetearte

Brasilidade-03

Posté par Fatos e Fotos à 16:13 - Permalien [#]
Tags : , , , , , ,

26.05.20

Desmatamento na Amazônia: Supermercados britânicos ameaçam boicotar o Brasil

As principais redes de supermercados britânicas ameaçaram, na ultima quarta-feira (20), boicotar os produtos produzidos no Brasil se for aprovada uma medida provisória que eles alegam que levaria a mais desmatamento da floresta amazônica.

Em uma carta aberta aos senadores e deputados de Brasília, esses grupos declaram estar "profundamente preocupados" com a Medida Provisória 910, apoiada pelo presidente Jair Bolsonaro.

"Se a medida for adotada, promoveria ainda mais a apropriação de terras e o desmatamento em larga escala, comprometendo a sobrevivência da Amazônia" e, por conseguinte, os objetivos do Acordo de Paris de luta contra as mudanças climáticas, denunciam as grandes distribuidoras britânicas.

"Acreditamos que também comprometeria a capacidade de empresas como as nossas de continuar comprando do Brasil no futuro", acrescentam.

Entre os 41 signatários da carta estão algumas das maiores redes de supermercados do Reino Unido, como Tesco, J Sainsbury, Marks & Spencer, mas também Asda, Waitrose e empresas de alimentos como Burger King UK, o fundo público de pensões sueco AP7 e outras empresas de gestão de investimentos. 

Brasilidade-03

Fonte: AFP

Posté par Fatos e Fotos à 19:51 - Permalien [#]
Tags : , , , , , , , ,

Covid-19 e futebol: Diretoria do Paris Saint-Germain se irrita com zagueiro brasileiro

A diretoria do Paris Saint-Germain está pressionando os jogadores por um acordo que leve à redução salarial, para minimizar os prejuízos provocados pela pandemia da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, segundo publicou o jornal esportivo "L'Équipe".

 

De acordo com o veículo especializado, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, elevou o tom depois de sequer ser atendido pelos integrantes do elenco, quando ele próprio faz telefonemas para discutir o assunto.

A maior irritação do catariano seria com o zagueiro brasileiro Thiago Silva, capitão do time, que é o principal interlocutor dos jogadores junto à direção. O ex-Fluminense viajou para o Brasil e seria um dos que não quer o salário reduzido, segundo o "L'Équipe".

De acordo com a publicação, o defensor, que tem contrato se encerrando em 30 de junho, não quer receber menos do que 1 milhão de euros (R$ 6 milhões) brutos mensais. Além disso, ele não quer ajudar os dirigentes a negociar com os companheiros.

O PSG já aderiu ao programa do governo de suspensão temporária do emprego, com isso, paga 85% dos salários e recebe um valor para ser repassado aos funcionários.

Brasilidade-03

Posté par Fatos e Fotos à 19:36 - Permalien [#]
Tags : , , , , , ,


19.05.20

Agronegócio: exportações brasileiras não sofrem impacto negativo durante a pandemia

Apesar da pandemia do COVID-19 e seus impactos na economia, as exportações do agronegócio brasileiro não foram afetadas negativamente. Ao contrário, as vendas externas do agronegócio em março de 2020 foram de US$ 9,29 bilhões, 13,3% a mais do que março de 2019, com destaque para a carne bovina, a principal proteína animal exportada pelo Brasil, com vendas externas de US$ 637,81 milhões em março de 2020.

Brasilidade-03

Posté par Fatos e Fotos à 19:16 - Permalien [#]
Tags : , , , , , ,

Grilagem: WWF pede apoio contra a aprovação do Projeto de Lei 2633

Ruralistas transformam MP 910 no Projeto de Lei 2633 e mantêm o ataque ao patrimônio brasileiro

Conseguimos evitar que a #MPdaGrilagem fosse aprovada na semana passada, mas a resposta não demorou e defensores da medida estão discutindo um novo Projeto de Lei (PL 2633) e pressionando para que ele seja votado às pressas, sem tempo para discussão com todos os setores envolvidos, com sério risco de ter seu texto piorado e desviando esforços no combate à pandemia do Covid-19. Agora não é o momento de votar esse projeto. Não é do dia para a noite que resolveremos o problema da grilagem. 

Juntos, podemos garantir que #GrilagemNão

unnamed

Posté par Fatos e Fotos à 19:04 - Permalien [#]
Tags : , , , , , , ,

17.05.20

Covid-19: Bolsonaro é denunciado no Tribunal de Haia por crime contra a humanidade

A ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) protocolou na quinta-feira, (2/4) uma representação (Leia a íntegra em português inglês) no TPI (Tribunal Penal Internacional) contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, pela prática de crime contra a humanidade que vitima a população brasileira diante da pandemia de coronavírus.

De acordo com a entidade, o Brasil possui, no atual momento, um chefe de governo e de Estado cujas atitudes são total e absolutamente irresponsáveis. Por isso, solicitam ao TPI que instaure procedimento para averiguar a conduta do presidente e condene Bolsonaro pelo crime contra a humanidade por expor a vida de cidadãos brasileiros, com ações concretas que estimulam o contágio e a proliferação do vírus, aplicando a pena cabível.

Por ação ou omissão, Bolsonaro coloca a vida da população em risco, cometendo crimes e merecendo a atuação do Tribunal Penal Internacional para a proteção da vida de milhares de pessoas”, reforça o documento assinado pelos advogados Ricardo Franco Pinto (Espanha) e Charles Kurmay (EUA).

Violações

Os juristas listam a série de ações que vêm sendo realizadas pelo presidente da República que minimizam a gravidade da pandemia e contrariam recomendações de autoridades sanitárias do mundo inteiro, diretrizes e recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde) e de todas as nações que já estiveram ou estão no epicentro da pandemia. Entre elas estão pronunciamentos estimulando o fim do isolamento social e a reabertura de escolas e comércios; lançamento da campanha oficial “O Brasil não pode Parar”; saídas às ruas para participar de manifestações e provocar aglomerações públicas; e o decreto para abertura de igrejas e casas lotéricas.

Os crimes cometidos afetam gravemente a saúde física e mental da população brasileira, expondo-a a um vírus letal para vários segmentos e com capacidade de proliferação assustadora, como já demonstrado em diversos países. Os locais que negligenciaram a política de quarentena são onde o impacto da pandemia tem se revelado maior, como na Itália, Espanha e Estados Unidos”, ressalta.

Crimes

Segundo a ABJD, Bolsonaro está cometendo o crime de epidemia, previsto no art. 267, do Código Penal Brasileiro, e na Lei nº 8.072/1990, que dispõe sobre crimes hediondos. Além de infringir medida sanitária preventiva, conforme art. 268, também do Código Penal. Bem como viola a Lei nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, que trata especificamente da emergência do Covid-19, e a Portaria Interministerial nº 05, de 17 de março de 2020, que determina, em seus arts. 3º e 4º, que o descumprimento das medidas de isolamento e quarentena, assim como a resistência a se submeter a exames médicos, testes laboratoriais e tratamentos médicos específicos, acarretam punição com base nos arts. 268 e 330, do Código Penal. 

É precisamente o Presidente da República quem incita as pessoas a circularem normalmente pelas ruas, escolas e postos de trabalho e a confusão criada é absurda, pois ele mesmo desobedece as diretrizes do próprio governo”, completa.


Diante disso, os integrantes da Associação apontam que o chefe do Executivo despreza as maiores autoridades científicas que prescrevem uma estratégia de guerra para reduzir os efeitos da pandemia. “O Presidente do Brasil faz eco com empresários inescrupulosos e se nega a adotar o padrão mundial de confinamento social, deixa de atuar na estratégia para achatar a curva de infecção e auxilia na expansão e aumento do contágio, o que fatalmente vai fazer com que o sistema de saúde no Brasil entre em colapso”, discorre.

Tribunal Penal Internacional

O Estatuto de Roma (Decreto 4.388/2002) rege a atuação do TPI (Tribunal Penal Internacional) e foi incluído no ordenamento jurídico brasileiro após aprovação pelo Congresso Nacional. Ao adotar internamente a norma, o Brasil acompanha o entendimento que existem crimes que afetam diretamente milhares de pessoas mundialmente e chocam a humanidade de maneira profunda. 

O art. 27, 1 do Estatuto de Roma, diz que o fato de o Chefe de Estado ter imunidade não o exime em caso de responsabilidade criminal, nem constitui motivo de redução da pena. A imunidade decorrente do cargo também não impede que o TPI exerça a sua jurisdição sobre o presidente.

O Brasil não apenas assinou e ratificou o estatuto, como incluiu o § 4º, ao artigo 5º, da Constituição Federal de 1988, reconhecendo a submissão do Brasil à jurisdição internacional do Tribunal. 

Desse modo, a ABJD afirma que não há dúvida sobre a legitimidade e competência do TPI para apreciar a Representação. Além disso, a Associação evidencia que o Ministério Público Federal do Brasil já procurou fazer com que o Procurador-Geral da República - único órgão que poderia processar o presidente no país - fizesse com que Bolsonaro não cometesse mais as ações que colocam a população em risco diante de uma grave pandemia, porém o pedido foi sumariamente arquivado. 

A internacionalização da questão e um pronunciamento do TPI são urgentes e necessários. Não podemos admitir o que vem ocorrendo no Brasil, ou seja, a total impunidade de Jair Bolsonaro, que é o principal fator que aumenta de forma escalonada a prática de novos crimes”, finaliza.

Brasilidade-03

Posté par Fatos e Fotos à 19:38 - Permalien [#]
Tags : , , , , , , ,

12.05.20

Sociedade: Pimp My Carroça lança financiamento coletivo para ajudar os catadores durante a pandemia

O movimento social Pimp My Carroça está com um financiamento coletivo aberto no Catarse com o objetivo de garantir uma renda mínima para que os catadores de materiais recicláveis possam ficar em casa neste momento de pandemia. 

Os catadores coletam cerca de 90% de tudo que é reciclado no Brasil, ou seja, são trabalhadores autônomos. Assim, os recursos do financiamento coletivo serão divididos entre os catadores conectados no aplicativo CATAKI em todo o Brasil. O movimento arrecadou até agora mais de 280 mil reais e a meta da campanha é chegar a R$ 500 mil.

O CATAKI faz uma conexão direta entre o gerador de resíduos e o catador de materiais recicláveis. Durante este período de pandemia e confinamento, os doadores podem fazer doações de dinheiro, kits de higiene e alimentos para os catadores.

O Pimp My Carroça é um projeto social e cultural que procura dar visibilidade aos catadores por meio da arte e da participação coletiva. 

Para doar: https://www.catarse.me/renda_minima_catadores

Para saber + : www.pimpmycarroca.com

Brasilidade-03

 

Cultura: Distância, primeira exposição 100% virtual da Pinacoteca de São Paulo

Distância, uma exposição online com cinco obras audiovisuais da coleção da Pinacoteca. Os trabalhos de Cao Guimarães, Dalton Paula, Letícia Parente, Marcellvs L. e Sara Ramo poderão ser vistos online até o fim do período de isolamento.

Apesar de distintos em tantos aspectos (históricos, geográficos, técnicos), esses filmes e vídeos têm em comum o ponto de vista de sujeitos por alguma razão apartados de uma sociabilidade imediata. Longe o suficiente para não terem acesso, mas minimamente perto para observarem e comentarem essa condição, esses personagens (ora os próprios artistas, ora terceiros; ora reais, ora ficcionais) evocam o espectador a sentir um pouco do que eles sentem: a incerteza da espera, a força silenciosa da resiliência, o estado de busca diante de ciclos que se repetem. Os efeitos da distância comparecem nas imagens e as extrapolam. Terminam sugerindo relações possíveis com as nossas realidades, ainda mais agora que precisamos estar todos distantes.

Para saber + : http://pinacoteca.org.br/distancia-uma-selecao-de-videos-da-pinacoteca/

Brasilidade-03

 

 

 

 

 

 

Posté par Fatos e Fotos à 19:51 - Permalien [#]
Tags : , , , , , , ,