Construções afro-atlânticas reúne no MASP  90 obras do pintor, escultor e gravador Rubem Valentim (Salvador, 1922-SãoPaulo, 1991), figura fundamental da arte brasileira e das histórias afro-atlânticas no século 20. 

As complexas composições do artista representam os orixás das religiões afro-brasileiras—como o machado duplo de Xangô, a flecha de Oxóssi e as hastes de Ossaim.  

A exposição fica em cartaz até 10 de março de 2019 no MASP.

rubem-valentim-serigrafia-sem-titulo-1989_mab2199

 

Foto: Rubem Valentim