0,,1359575_1,00

Alemanha consome quase um terço da cachaça exportada pelo Brasil

Exportação de cachaça aumentou 8,35% em 2011 ! Segundo levantamento do Instituto Brasileiro da Cachaça, alemães importaram quase 3 milhões de litros da bebida no ano passado. As vendas no exterior, no entanto, encontram dificuldades com a valorização do real.

Produção industrial brasileira cresce 0,3% em 2011

O crescimento foi bem inferior ao aumento de 10,5% registrado em 2010, mas ficou dentro do esperado pelos analistas. Em dezembro, o avanço na atividade industrial brasileira foi de 0,9%.

Bancos dos EUA lucram com crise europeia

Uma pesquisa do Federal Reserve mostra que 29,1% das 55 entidades financeiras americanas viu seus negócios crescerem com a crise na Europa.

Atual visita de Dilma a Cuba é dominada por temas econômicos

Dentro da agenda econômica está prevista uma visita da presidente às obras de expansão do Porto de Mariel, realizadas com um investimento de 683 milhões de dólares do BNDES – o equivalente a 88% da obra. O porto fica a 50 quilômetros de Cuba e é o mais importante polo de exportação do país.

O comércio do Brasil com o país socialista cresceu 31% de 2010 para 2011, alcançando um recorde de 642 milhões de dólares no ano passado. Em números gerais, porém, a importância de Cuba para a economia brasileira é muito baixa.

"Do ponto de vista brasileiro, Cuba não é exatamente um importante parceiro comercial. Já para Cuba o Brasil é um parceiro comercial importante, especialmente agora que eles precisam abrir mais a sua economia", afirma Hoffmann, ressaltando que haveria interesse cubano tanto para investimentos de estatais brasileiras, como a Petrobras, como para receber indústrias de pequeno e médio porte.

 

Fontes : DW e Epoca online